MENSAGEM PRESIDENTE DA DIRECÇÃO

Fundada em 1865, a Associação Comercial e Industrial de Guimarães conheceu, ao longo dos seus quase 150 anos de existência, uma história plena de sucessos e incertezas, de avanços e contratempos, ao longo dos quais se foi adaptando tornando-se numa referência incontornável, mercê da constância dos objectivos que têm constituído sempre o desígnio da sua actuação: A defesa e promoção dos interesses das empresas e dos empresários de Guimarães, do desenvolvimento económico e social de Guimarães e do Vale do Ave e a afirmação e projecção das mais-valias da região em Portugal e no mundo.

Em pleno Séc. XXI, onde as mutações económicas, sociais, políticas e tecnológicas se sucedem a um ritmo alucinante, por vezes difíceis de acompanhar e de apreender, subsistem instituições como a ACIG que, pela solidez das suas fundações, pela tenacidade dos que nela trabalham, constituem autênticas “pedras basilares” da sociedade onde estão inseridas.

A ACIG pretende ser uma congregação de todos e para todos, com intervenção directa na vida da Cidade e do Concelho, trabalhando em prol da classe empresarial.

A Direcção, a que tenho a honra de presidir, tomou posse no passado mês de Setembro de 2008, tendo apresentado as seguintes linhas orientadores para o trabalho a ser desenvolvido durante o seu mandato:

• Motivar e valorizar os nossos colaboradores, organizando e aperfeiçoando o seu desempenho;
• Ampliar e melhorar o apoio à actividade Empresarial e ao Sócio, tornando-nos mais visíveis e apetecíveis, alargando significativamente os benefícios e as vantagens em ser sócio da ACIG;
• Aumentar a base de sócios em todos os sectores da actividade empresarial do Concelho;
• Promover a afirmação institucional da ACIG, fazendo-se ouvir em tudo o que tenha interesse estratégico para os empresários e para o Concelho de Guimarães;
• Impulsionar decisivamente a Campanha de Angariação de Fundos para garantir sem sobressaltos o cumprimento dos compromissos financeiros da ACIG, derivados dos custos das obras da Sede, recentemente concluídas, mas também das necessidades de reequipamento e operacionalização das valências agora ao nosso dispor no renovado edifício;
• Organizar um Programa de inauguração da Sede que interesse aos associados e à cidade e que seja um reflexo da versatilidade e aptidão das novíssimas instalações;
• Contribuir para a actualização empresarial e profissional dos nossos Sócios e promover o aumento da visibilidade interna e externa das empresas de Guimarães, da nossa cidade e do Concelho.
Estes vectores concorrem para o fortalecimento de uma instituição que se assume como uma referência no panorama associativo regional e nacional e que pretende representar um tecido empresarial coeso e verdadeiramente competitivo.

Eng. Carlos Teixeira
Presidente da Direcção