Instituição >> Equipa Técnica

A ACIG tem investido de forma consistente e coerente na melhoria da sua capacidade de prestação de serviços. Para o efeito conta com um jovem corpo de técnicos altamente qualificados e já com muita experiência na prestação de serviços à comunidade empresarial e às forças vivas do Vale do Ave.

Como pode confirmar-se no organigrama junto trata-se de uma estrutura especializada funcionalmente pelos serviços prestados e com um mínimo de níveis hierárquicos.

A sua capacidade de mobilizar competências técnicas elevadas baseia-se em 36 colaboradores internos (dados de 1999) com um vínculo mais forte e que garantem a coerência e a continuidade dos serviços; aos quais se acrescenta uma vastíssima rede de especialistas em regime de prestação de serviços, assim como um conjunto consolidado de parcerias e participações activas em redes de cooperação.

Destacamos da referida vasta rede de especialistas externos um conjunto representativo de 21 técnicos, que abrange competências multidisciplinares e profundos conhecimento e experiência na prestação de serviços a empresas da região.

Análise sociológica dos colaboradores internos:

Idades dos colaboradores internos: Mais de 71% dos colaboradores têm menos de 35 anos, com uma média de 33 anos. A média dos colaboradores externos é ligeiramente superior (35 anos). Na estrutura interna da ACIG, as idades compreendidas entre os 31 e 35 anos estão presentes em 9 colaboradores, entre os 26 e os 30 anos e com menos de 25 anos encontram-se 8 colaboradores. As idades menos representativas situam-se entre os 41 e os 45, com dois colaboradores

Distribuição por sexos dos colaboradores internos: Na distribuição por sexos nos departamentos internos, o sexo feminino é mais representativo (22 colaboradores do sexo feminino, 14 colaboradores do sexo masculino).

Função actual dos colaboradores internos: A área administrativa conta com um número maior de colaboradores relativamente a outras áreas (11 administrativos), 6 contínuos, a contabilidade reúne 3 colaboradores, na área da economia existem 3 técnicos, a informática conta com 2 colaboradores assim como as artes gráficas. Encontra-se 1 responsável para cada uma das seguintes áreas: Relações Públicas, Formação Profissional, Financeira, Coordenação Pedagógica, Cobrança e Advocacia.

Nível de qualificação: 14 colaboradores possuem um curso médio/superior, 14 têm o 12º. Ano, dos restantes, 4 têm a 4ª. classe, 3 o 9º. ano e 1 o 6º ano. Trata-se, portanto de uma equipa muito qualificada, pois 42% detêm curso médio/superior e 23% detêm o 6º ano ou menos

Área de Especialização: Secretariado, administração e contabilidade são as áreas de especialização de 9 colaboradores. Existem também 9 colaboradores que não se representam nas áreas mencionadas, destacando-se entre este, 4 que são da área de artes gráficas, seguem-se os colaboradores especializados na área de informática (6 colaboradores), ciências sociais e humanas (4 colaboradores), economia gestão e finanças (4 colaboradores), e as áreas das humanidades e da engenharia electrónica, mecânica, produção e outra com 1 colaborador.

Antiguidade dos colaboradores ACIG: no período de três a cinco anos a esta parte colaboram com a ACIG 14 dos 36 colaboradores internos, 10 tem a antiguidade de seis a dez anos, 7 trabalham há mais de dez anos, e 2 colaboram com a Associação Comercial e Industrial de Guimarães à menos de dois anos. Trata-se portanto de uma situação que quase inverte o que referimos acerca das idades: existe uma elevada permanência e estabilidade das pessoas na ACIG, pois metade trabalha nesta instituição há mais de seis anos, sem que isso signifique que não existe dinamismo ou renovação, pois uma das suas constantes é dar oportunidades a jovens técnicos competentes.

Análise Sociológica Colaboradores Externos:

Idades dos colaboradores externos: No que respeita aos colaboradores externos da ACIG, a discriminação das idades revela-nos que 12 dos colaboradores têm idades compreendidas entre 36 a 40 anos, 4 colaboradores entre 26 e 30, 3 entre 31 e 35, 1 com mais de 45 e outro com menos ou igual a 25 anos.

Distribuição por sexos dos colaboradores externos: O sexo feminino representa ligeiramente mais de metade dos colaboradores 11 no total, enquanto que do sexo masculino os colaboradores são 10.

Nível de qualificação: Na sua maioria (17) os colaboradores externos têm um curso médio/superior, 3 têm uma pós-graduação, e apenas 1 tem o 12º. Ano.

Área de Especialização: A informática é a área de especialização em que a Associação conta com maior número de colaboradores externos, ao todo são 6. Noutras áreas como: as “Ciências Sociais e Humanas” e a “Engenharia Electrónica, Mecânica e da Produção” os colaboradores são 6, 3 em cada uma da áreas mencionadas. Na economia, gestão e finanças têm 2 colaboradores, assim como na comercial e marketing e nas Humanidades.

Antiguidade dos colaboradores ACIG: mesmo com um vínculo externo, em antiguidade conta com 7 colaboradores que exercem funções na associação de três a cinco anos a esta parte, 5 colaboradores têm uma presença entre seis a dez anos, e 3 têm menos de dois anos de colaboração. Pode constatar-se também a elevada permanência de um núcleo qualificado de colaboradores externos.

Se analisarmos o conjunto de colaboradores internos e externos que a ACIG é capaz de mobilizar para o desenvolvimento da região, verificamos a sua juventude, experiência e pluridisciplinaridade de experiências:

Idades dos colaboradores: Na recolha das idades de colaboradores internos e externos da ACIG, verifica-se que 15 colaboradores têm idades compreendidas entre 36 e 40 anos, 24 têm entre 26 e 30 e de 31 a 35 anos. Até 25 anos encontra-se 9 colaboradores, com mais de 45 existem 6 colaboradores e 2 entre 41 e 45 anos. Dito de outro modo, 58% têm menos de 35 anos, com 35% até aos 29 anos de idade; em contrapartida apenas 15,7% têm mais de 40 anos de idade.

Distribuição por sexos do total dos colaboradores: A representatividade do sexo feminino é de 33 colaboradores, do sexo masculino são os restantes 24 colaboradores.

Nível de qualificação: São mais de 55% os colaboradores com curso médio ou superior. Um curso médio/superior é o grau de habilitação que os colaboradores possuem em maior número (31), há mesmo 3 colaboradores com Pós-graduação, 13 com o 12º. Ano, 4 com a 4ª. Classe, 3 com o 9º. Ano e 1 com o 6º. Ano.

Área de Especialização: A informática constitui a área de especialização de 11 colaboradores. Também com este número encontramos os colaboradores que não são especializados nas áreas mencionadas no gráfico. Tal como já referimos, trata-se de colaboradores da área de artes gráficas e daqueles cujo nível de qualificação não permite uma especialização.

Secretariado, administração e contabilidade são as área de especialização de 9 colaboradores, 7 especializaram-se em ciências sociais e humanas, 5 em economia gestão e finanças, 3 em engenharia electrónica mecânica e produção, 3 em humanidades, 1 em ambiente e outro em marketing comercial.

Antiguidade da colaboração com a ACIG: Com colaboração de três a cinco anos, encontramos, 21 dos colaboradores da ACIG , seguido por 15 que permanecem entre seis a dez anos, 7 que prestam serviços igual ou há mais de dez anos, por fim 5 dos colaboradores estão na ACIG há menos de dois anos. Uma vez mais, e agora num âmbito geral, 65% mantêm uma relação profissional com alguma continuidade com a ACIG entre 3 e 10 anos.

Experiência Profissional: A maior parte dos colaboradores possuem uma experiência profissional iniciada há dez ou superior a dez anos. Seguido daqueles que têm experiência entre três a cinco. Apenas 7 colaboradores tiveram a primeira experiência profissional há menos de 2 anos, com 5 em situação de primeiro emprego.

Experiência de Formação Profissional: Existe uma vasta experiência formativa no que respeita a experiência em formação profissional, 19 colaboradores, tiveram a primeira experiência entre dez a vinte anos a esta parte, 11 de três a cinco anos, 11 no espaço que vai de seis a dez anos a esta parte e 9 á mais de vinte anos.

Experiência Pedagógica: 28 colaboradores da Associação Comercial e Industrial de Guimarães não têm qualquer experiência pedagógica, 13 colaboradores tiveram a primeira experiência pedagógica no espaço de dez a vinte anos a esta parte, 8 tiveram experiência pedagógica de três a cinco anos a esta parte. 1 colaborador iniciou a sua experiência profissional nesta área há mais de 20 anos. Deve referir-se a importância da CISAVE, enquanto depositária desta competência pedagógica, mesmo no que se relaciona com os colaboradores externos.

Experiência de índole empresarial: Na sua maioria o total dos colaboradores analisados não tem qualquer experiência de índole empresarial. No entanto, podemos afirmar que os 11 que detêm esta experiência empresarial, sendo na maioria colaboradores externos, constituem um grande in-put de proximidade ao mundo empresarial.

Fechar